Somos mulheres convocadas pelo Senhor para ser portadoras de criatividade evangélica a partir de nosso ser de educadoras, ao estilo de Maria e, com ela, oferecemos uma educação humanista e cristã na perspectiva dos pobres.

A Ordem põe a serviço dos povos e da lgreja seu patrimônio educativo de mais de 410 anos de tradição e, ao mesmo tempo, dialoga com a realidade concreta e atualiza com novidade seu trabalho educativo e pedagógico em cada momento histórico.

Estamos presentes em 28 países de 4 continentes: Europa, América, África e Ásia.

Traços de família:

“Nosso DNA é ser ODN”, Ordem de Nossa Senhora.
Maria Nossa Senhora sintetiza nossa identidade; como Maria queremos viver os valores e virtudes que canta no Magnificat: Paixão por Jesus e pelo Reino de Deus, Alegria, Humildade, Gratuidade, Compaixão, Simplicidade, Coerência, Hospitalidade.

Contemplativas na ação e ativas na contemplação. Inspiradas naespiritualidade inaciana, somos impulsionadas a encontrar Deus em todas as coisas e todas n’Ele, para em tudo amar e servir.

Educadoras onde estivermos. Em sua pedagogia, Joana de Lestonnac reúne diferentes tradições: o Paradigma Pedagógico Inaciano, elementos da Escola Calvinista e o Humanismo de Miguel de Montaigne. Realizamos nosso serviço educativo em diferentes campos: Colégios, Obras de Educação Popular, Paróquias, Casas de Retiro, Universidades, trabalho intercongregacional, com outras Instituições etc.

São nossas prioridades de missão: a juventude, a educação da mulher, os mais vulneráveis e a renovação da Vida Religiosa na Igreja.

O gene de Joana de Lestonnac

Uma mulher livre, sempre em busca, corajosa diante dos desafios e da adversidade. Esta é Joana de Lestonnac.Uma mulher santa, com uma história apaixonante, que nos inspira e nos faz admirar a obra de Deus que trabalha nas pessoas, transformando-as e enviando-as.

O tempo em uma vida plena de Deus e de rostos
1556
1573
1603
1606
1607
1610
1638
1640
1650
1733 Cidade de México (México), 1780 Mendoza (Argentina) e 1783 Bogotá (Colômbia)
1780 (Argentina), 1868 (Chile), 1936 (Brasil), 1976 (Paraguai), 1998 (Bolívia)

1556

Joana de Lestonnac nasce em Bordeaux, França, no seio de uma família significativa na sociedade bordalesa.
1556

1573

Casa-se com Gastão de Monferrant, Barão de Landirás, no dia 22 de setembro. Mãe de 7 filhos, 3 deles morrem em tenra idade.

Fica viúva, depois de 24 anos de um feliz casamento. Dedica-se a cuidar de seus filhos/as, exercendo o papel de pai e mãe.

Em uma época patriarcal, siendo mulher, dirige e administra suas terras e as pessoas a seu cargo.

1573

1603

Entra para o mosteiro das Fuldenses de Toulouse, Mosteiro de vida contemplativa, e permanecendo ali 6 meses. Os rigores da Regra reformada do Císter afetam muito sua saúde e a fazem abandonar esse estilo de vida.

Nessa etapa de crise, vive uma profunda experiência de Deus que a leva a discernir um novo futuro: a educação da mulher de seu tempo.

Retira-se em La Mothe durante aproximadamente 3 anos.

A peste assola Bordeaux e ela arrisca sua vida para atender as pessoas afetadas. Conhece as primeiras companheiras e sente-se chamada a fundar uma Ordem Religiosa cuja missão será a educação da mulher.

1603

1606

O Cardeal de Sourdis aprova, no dia 25 de março, os documentos que Joana de Lestonnac lhe apresenta para fundar a Ordem da Companhia de Maria Nossa Senhora.

Abre-se em Bordeaux a primeira escola.

1606

1607

O Papa Paulo V aprova oficialmente a Ordem, primeiro instituto religioso dedicado à educação das mulheres, reconhecido pela Igreja em 7 de abril de 1607.

1607

1610

As religiosas se mudam do Priorado do Espírito Santo para um grande edifício na Rua do Hâ.

1610

1638

Joana termina de escrever as Regras e Constituições da Ordem e estas são impressas.

1638

1640

Morre no dia 2 de fevereiro. Nessa data, a Ordem conta com 30 conventos-escolas na França.

1640

1650

A Companhia de Maria ultrapassa as fronteiras e funda a primeira Casa em Barcelona.

A partir desta comunidade, começam a ser abertas novas Casas por toda a Espanha.

Com o passar dos séculos, a Ordem se expande pelo mundo. Realiza-se o sonho de universalidade de Santa Joana: ir sempre além, ir além das próprias fronteiras.

1650

1733 Cidade de México (México), 1780 Mendoza (Argentina) e 1783 Bogotá (Colômbia)

Na América, curiosamente, por meio de valentes mulheres leigas, tecem-se as histórias para dar à luz a Ordem. o Espírito sopra onde quer (Jo 3).

1733 Cidade de México (México), 1780 Mendoza (Argentina) e 1783 Bogotá (Colômbia)

1780 (Argentina), 1868 (Chile), 1936 (Brasil), 1976 (Paraguai), 1998 (Bolívia)

Muitos rostos, um só espírito; muitas culturas, um só povo;
vários países, um projeto comum;
muitas paisagens, uma só PROVÍNCIA CONE SUL.

Juntos e juntas entretecemos
vida, missão, sonhos, desafios…, comunidades, obras, projetos…

Vamos descobrindo a presença sempre fiel
do Senhor Jesus e de Maria, nossa companheira.
Tudo e todos conclamam: Sigamos adiante!

1780 (Argentina), 1868 (Chile), 1936 (Brasil), 1976 (Paraguai), 1998 (Bolívia)