“Pois, se vivemos, é para o Senhor que vivemos; e se morremos, para o Senhor morremos.

Portanto, quer vivamos, quer morramos, do Senhor somos”. 

Romanos 14,8.

La imagen tiene un atributo ALT vacío; su nombre de archivo es WhatsApp-Image-2020-09-16-at-14.21.55-1-1024x575.jpeg

Estamos em um tempo que nos desafia e nos surpreende, ao mesmo tempo que nos convida, como Companhia de Maria, a tomar consciência de que ninguém se salva sozinho diante de uma pandemia global, que sacudiu nosso mundo e invadiu nossas vidas; e como o experimentamos de perto neste último tempo, em que, no prazo de dois dias, vivemos a Páscoa de três de nossas queridas irmãs da Comunidade de Mendonça (Argentina), por causa do covid 19.

Elas partiram para a Casa do Pai em um tempo em que celebramos os 240 anos da presença educativa da Companhia de Maria em Mendonça, onde realizaram seu período de formação inicial e onde alguns de seus anos se entregaram totalmente pelo Reino.

Agradecemos pela vida de cada uma, com a certeza de que já gozam da plenitude da vida por estarem nas mãos do Pai.

Maria Tonina, Teresa Ordoñez e Ana Maria Villegas, por sua vida, são presença amorosa de Deus, que se revelou na simplicidade e pequenez de cada uma, e nos convidam a manter a paixão pelo Reino, a solidariedade e a fortaleza em todo momento.

À comunidade e aos funcionários da casa, agradecemos os cuidados e o carinho que tiveram com cada uma das irmãs neste tempo.

Com a vivência dessa perda em isolamento, sentimos uma dor profunda, porém é mais forte a comunhão que vamos experimentando como Corpo Apostólico Provincial e Universal, como irmãs, como comunidades educativas, como Rede Laical. Todos interconectados pelo Espírito de S. Juana de Lestonnac.

Acompanhamos a comunidade neste momento de Páscoa, pedindo ao Deus da vida a Graça da serenidade e a fortaleza para viver este tempo. Que Maria, Nossa Senhora do Doce Nome, siga protegendo-nos.

“Te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque, ocultando estas coisas aos sábios e entendidos, deste-as a conhecer às pessoas simples”.

Mt. 11,25

Categories:

Tags:

No responses yet

Deixe um comentário